O que é o nevoeiro? Porque aparece  e como podem ser classificados? Saiba neste artigo algumas curiosidades sobre o nevoeiro.

O que é o nevoeiro?

O nevoeiro, também chamado de cerração ou brêtema (nome dado no Norte de Portugal e na Galiza), acontece quando existe uma grande densidade de gotículas de água e cristais de gelo, junto ao solo. Esta acumulação pode receber o nome de núvem stratus, já que se localiza a uma altitude muito baixa, desde o solo até mil metros de altura. Dá-se ainda o nome de nevoeiro sempre que a visibilidade seja inferior a um quilómetro. Para visibilidades superiores a esta distância, dá-se o nome de neblina ou névoa.

Ao contrário das núvens, que estão a uma altitude muito superior na atmosfera, o nevoeiro acontece junto à superfície terrestre. O nevoeiro distingue-se ainda das núvens pela forma como vai acumulando a sua humidade, através de fontes junto à superfície, como oceanos, rios, lagos, etc.

O ar meio fosco característico do nevoeiro, é resultante das minúsculas gotículas de água existentes no ar. Pode ainda se justificar pelo fumo em suspensão no ar, resultante das diferenças de temperatura.

 

nevoeiro-no-castelo-Hohenzollern-em-Hechingen-na-Alemanha

Nevoeiro no castelo Hohenzollern, em Hechingen, na Alemanha

 

Porque aparece o nevoeiro

O nevoeiro pode ser originado por várias situações. Pode, por exemplo, surgir devido às diferenças de temperatura, por exemplo, no calor erradiado durante a noite. Pode ainda acontecer devido ao ar carregado de humidade que se move no sentido horizontal e é arrefecido pela parte inferior ou ainda surgir numa frente, entre o ar quente e o ar frio.

O nevoeiro, muito comum em vales e planícies, onde a humidade é habitualmente superior e estão abrigados de ventos fortes, surge também muitas vezes devido à excessiva humidade do dia anterior ou devido ao forte arrefecimento noturno. Este fenómeno surge quase sempre ao início da manhã e desaparece assim que começam a surgir os primeiros raios do sol.

 

Outras curiosidades que vai gostar de ler

- Conheça algumas curiosidades sobre o Sol
- O que são algares e porque aparecem?
O que são monções?

 

Classificação do nevoeiro

Existem dois principais tipos de nevoeiro, considerando a forma como é atingido o ponto de orvalho.

  • Os nevoeiros do tipo A, são considerados tendo em conta as condições metereológicas do ar, ou seja, toma em consideração a diminuição da temperatura do ar até esta atingir o chamado ponto de orvalho. No tipo A, englobam-se 4 sub-tipos de nevoeiro:
    • o nevoeiro do tipo advectivo pelo transporte de ar quente sobre a superfície fria – brisa terrestra, brisa marítima, ar marítimo e ar tropical e o nevoeiro do tipo advectivo pelo transporte de ar frio sobre a superfície quente – nevoeiro de vapor.
    • o nevoeiro do tipo radiactivo – o de superfície e o de alta inversão.
    • o nevoeiro do tipo advectivo-radiactivo.
    • o nevoeiro de encosta.
  • Os nevoeiros do tipo B, são considerados tendo em conta a quantidade de vapor de água até a temperatura do ponto de orvalho ficar equivalente à temperatura atual. Nos nevoeiros do tipo B podemos encontrar 3 tipos de nevoeiro: o nevoeiro pré-frontal, o pós-frontal e o frontal.