Será que já alguém se questionou porque é que os nomes próprios começam todos com uma letra maiúscula? Vamos neste artigo descobrir o porquê dos nomes começarem com uma inicial maiúscula.

A letra inicial, do latim initialis, initium, é o nome dado a uma letra decorativa, normalmente uma maiúscula, que é usada no início de um parágrafo ou capítulo. Serve para mostrar que o texto começa naquela zona, sendo ainda usadas na paginação contemporânea. Em textos medievais, uma inicial podia ocupar uma página completa!

Letra maiúscula capitular

Há muitos anos atrás, na época clássica, todas as palavras eram escritas em maiúsculas, inclusivamente, os nomes próprios. As letras minúsculas foram criadas com base na letra carolíngia, por volta do século 8. Existiu a necessidade de criar um alfabeto em minúsculas, devido à dificuldade que existia em ler e escrever palavras em maiúsculas.

A partir desta altura, as palavras começaram a ser escritas em minúsculas, mas o começo de algumas palavras passou a escrever-se em maiúsculas. Em alemão, por exemplo, todos os substantivos receberam a primeira letra em maiúscula e em português e outras línguas românicas, apenas os nomes próprios receberam a primeira letra em maiúscula.

Estas regras datam do século 12, servindo a maiúscula para marcar o início de um capítulo ou parágrafo e ajudando a identificar nomes próprios de pessoas, em alguns documentos.

Por volta do século 15, na altura em que chega o humanismo, o uso da letra maiúscula foi imposto para criar a diferença entre um nome próprio de um substantivo comum semelhante, por exemplo, para diferenciar o nome próprio Rosa do substantivo comum rosa (planta).